Ação em rede marcou as Caravanas EAD-2021, em Sergipe



São Paulo, 16/12/2021 | Com participação da vice-governadora de Sergipe, Eliane Aquino, da coordenadora do UNICEF para Bahia, Minas Gerais e Sergipe, Helena Oliveira, e de gestores públicos de vários municípios sergipanos, o Instituto Mpumalanga e o Instituto Esporte & Educação realizaram, na última terça (14), cerimônia online de encerramento dos cursos de formação de professores de redes públicas, Metodologia Viva com Arte e Pedagogia do Esporte Educacional.


Mais de mil educadores e gestores participaram dos cursos oferecidos gratuitamente, em formato virtual, no primeiro e segundo semestres deste ano para os profissionais da educação, cultura, esporte e assistência social de 12 municípios de Sergipe e para os professores da rede estadual de ensino. É a primeira vez que os projetos Caravana das Artes e Caravana do Esporte atendem, simultaneamente, vários municípios de um mesmo Estado com as metodologias desenvolvidas pelos Institutos Esporte & Educação e Mpumalanga e aplicadas nas etapas presenciais das Caravanas, suspensas temporariamente em razão da pandemia.


A vice-governadora de Sergipe, Eliane Aquino, chamou a atenção dos municípios para a necessidade de garantir educação de qualidade “às crianças e jovens que dependem exclusivamente do poder público” e conclamou os gestores municipais a empreenderem esforços para que as políticas públicas contemplem o esporte e a arte na educação. Idealizadora do projeto Sergipe pela Infância, em aprovação na Assembléia Legislativa do Estado, a vice-governadora defendeu um trabalho intersetorial, a exemplo do que propõem o Instituto Mpumalanga e o Instituto Esporte & Educação. “As Caravanas nos ensinaram a ter um novo olhar para a forma de educar”, afirmou Eliane Aquino.



A representante do UNICEF, Helena Oliveira, reconheceu o esforço dos 12 municípios em participar dessa jornada educacional pelo esporte e pela arte nas escolas, proposta pelas Caravanas durante a pandemia. Coordenadora do escritório do UNICEF para importante região do semiárido, incluindo Sergipe, Helena destacou a importância da parceria do Fundo com o Instituto Mpumalanga e com o Instituto Esporte & Educação no sentido de garantir o esporte e a arte como direito para todas as crianças e adolescentes.



Adriana Saldanha, diretora geral da Caravana do Esporte e da Caravana das Artes, fez um balanço positivo do trabalho desenvolvido à distância com arte e esporte educacionais, que são importantes conteúdos pedagógicos com um papel fundamental na retomada das atividades escolares neste momento. Em 2022, segundo a diretora das Caravanas, os projetos deverão retomar algumas atividades presenciais, com protocolos de segurança.

Participaram das formações à distância os municípios de São Cristóvão, Nossa Senhora do Socorro, Itabaiana,Tobias Barreto, Propriá, Carmópolis, Salgado, Lagarto, Maruim, Nossa Senhora da Glória, Pacatuba e Ilha das Flores.


Os prefeitos dos municípios de Salgado, Givanildo Costa (PT), e de Tobias Barreto, Dilson de Agripino (Cidadania), participaram da cerimônia online e falaram sobre a importância da formação à distância das Caravanas para os professores e os alunos das escolas municipais. Sinalizaram o interesse dos dois municípios em receber, com protocolos sanitários, etapas presenciais da Caravana do Esporte e da Caravana das Artes em 2022.

Duas professoras inscritas nos cursos deram depoimento sobre como a vivência online nas duas formações à distância conseguiram impactar o trabalho com os alunos em sala de aula. Cristiane Ferreira dos Anjos, professora da rede de ensino de Salgado, representou os participantes do curso EAD Pedagogia do Esporte Educacional. A professora Izabel Cristina Santana do Nascimento, da rede de ensino de Maruim, representou os participantes do curso EAD Metodologia Viva com Arte. “Escolhi fazer o curso Viva com Arte para organizar a prática pedagógica com arte e cultura, pois os elementos culturais nas aulas são muito importantes e, mesmo online, não ficamos na frieza das teclas do computador e foi possível construir laços”, afirmou Izabel. Já a professora Cris Anjos, de Salgado, relatou a recente aplicação em sala de aula, com bons resultados, da atividade jogo dos bastões, experimentada no curso Pedagogia do Esporte Educacional.


O Instituto Mpumalanga e o Instituto Esporte & Educação realizam os projetos Caravana do Esporte e Caravana das Artes em parceria com DISNEY, ESPN e UNICEF. A Caravana do Esporte tem patrocínio das empresas Itaú, Rede, Mastercard, EDP Renováveis, Unopar e Anhanguera, via Lei de Incentivo ao Esporte/Secretaria Especial do Esporte/Ministério da Cidadania, e a Caravana das Artes tem patrocínio da EDP Renováveis, Instituto EDP, Rede, Otis e COGNA, via Lei de Incentivo à Cultura/Secretaria Especial da Cultura/Ministério do Turismo.


18 visualizações0 comentário