Cantora Luciana Oliveira homenageia Luiz Melodia em novo álbum


Luiz Melodia faleceu na manhã desta sexta-feira (04) em decorrência de um câncer na medula. (Foto: Divulgação)


A notícia do falecimento do cantor Luiz Melodia comoveu os professores do Instituto Mpumalanga, grandes admiradores de um dos importantes nomes da música brasileira. O artista, aos 66 anos, não resistiu a um câncer na medula e o Rio de Janeiro amanheceu dissonante.

Conhecido como Pérola Negra, Luiz Melodia chamava a atenção pelo timbre raro e pelo carisma que sempre marcou sua presença. É difícil imaginá-lo em semblante sério. “Fiquei muito triste quando eu soube. Eu vi a mensagem e fiquei bastante abalada. Eu acho que ela é dessa leva de artistas que influenciaram muito a gente, um grande cantor e um grande intérprete. Ele tinha uma nobreza e essa coisa que o exaltava, de ser um Pérola Negra e de cantar a história dele, a vida”, comentou a cantora Luciana Oliveira, do Instituto Mpumalanga.

Coincidentemente, hoje, Luciana lança seu novo álbum Deusa do Rio Niger, no qual uma das faixas é uma canção de Luiz Melodia. “Muitas músicas dele influenciaram completamente minha trajetória musical”, explicou. “A última apresentação que eu vi dele foi aqui no MIS. Há uns dois anos e foi quando eu fiquei com vontade de gravar o Veleiro Azul.

“Ele tem um timbre que é inigualável, eu acho que é uma coisa que ele traz que é insuperável, difícil de regravar. É esse timbre dele que é único, é um charme, ele tem um charme cantando e uma modernidade no jeito de cantar”, acrescentou, sentida pelo acontecimento.

Veja o clipe: 

0 visualização
  • YouTube
  • Facebook
  • Instagram
© 2020 Instituto Mpumalanga. Todos os direitos reservados.