Lábrea terá o primeiro Núcleo Esporte e Arte-MPUMALANGA/IEE



São Paulo – (03/07/2022) - O Instituto Mpumalanga e o Instituto Esporte & Educação iniciam, dia 05/07/2022, em Lábrea-AM, as atividades presenciais do Núcleo Esporte e Arte – Mpumalanga/IEE Médio Purus, depois de dois anos de atividades online e cursos à distância em razão da pandemia. Com projetos de educação, de segurança alimentar, de comunicação e de fortalecimento das culturas locais e das línguas indígenas, desde 2015, o IEE e o MPUMALANGA fortalecem suas ações socioeducativas em Lábrea, Sul do Amazonas, com a implantação do Núcleo Esporte e Arte.

O Núcleo tem apoio institucional do UNICEF, patrocínios da NIKE e da DISNEY e atua em parceria com a Prefeitura Municipal de Lábrea e com a FOCIMP-Federação das Organizações e Comunidades Indígenas do Médio Purus. Conta com apoios locais da UFAM- Campus Lábrea, do IFAM- Campus Lábrea e da FAEL – Campus Lábrea. Atuará com formação de professores indígenas e não indígenas da rede municipal e transferência de tecnologias educacionais para atendimento direto de alunos do ensino público das escolas da sede e das aldeias com a Pedagogia do Esporte Educacional e a Metodologia Viva com Arte.

Professores e especialistas dos institutos organizarão, em conjunto com gestores e com as comunidades das zonas urbana e rural e dos territórios indígenas, atividades motoras esportivas e culturais que têm como função pedagógica e social o esporte, a arte, a cultura e a alimentação associadas à educação. As atividades a partir de julho de 2022 e o histórico pedagógico das ações realizadas desde 2015 visam fortalecer uma educação identitária e inclusiva.

A proposta do Núcleo é manter, de forma continuada, ações pedagógicas que valorizem a cultura local, incentivar as atividades artísticas e a prática esportiva entre crianças e jovens, promover o resgate dos esportes tradicionais indígenas, fortalecer as tradições culturais e os saberes indígenas e das populações ribeirinhas, desenvolver a leitura e a comunicação com crianças, adolescentes e adultos e capacitar profissionais da merenda escolar para as boas práticas na cozinha, uso de ingredientes locais e a compostagem do orgânico, com vistas à educação ambiental para a meta lixo zero.

A abertura dos trabalhos presenciais do Núcleo em Lábrea será na terça-feira, 05/07, na Vila Olímpica, com início da formação de três dias para 35 professores da rede municipal que vão atuar com aulas de reforço no contraturno escolar.

O atendimento das crianças do programa de reforço escolar da Secretaria Municipal de Educação de Lábrea, com aulas de esporte e arte a partir da Metodologia Viva com Arte e da Pedagogia do Esporte Educacional, pretende contribuir para o desenvolvimento de habilidades e competências que são potencializadas quando essas áreas de linguagem são praticadas. Criar, valorizar os diversos repertórios culturais, resolver problemas juntos, superar desafios, trabalhar em equipe, se superar, interagir, cooperar, competir com valores e respeitar as diferentes habilidades são exemplos de como o esporte e a arte podem ajudar as crianças a se desenvolverem de corpo inteiro.

Na cozinha com a Chef Adriana Saldanha, 32 merendeiras das escolas municipais terão três dias de capacitação gratuita, com o Módulo 2 do curso “Cozinha, Afeto e Ancestralidade - Boas práticas, Higiene alimentar, Compostagem e Habilidades básicas na cozinha”.

Reunidas, com protocolos, no pátio de alimentação da Escola Municipal Francisca Mendes, as merendeiras terão aulas sobre culinária, que envolverão receitas, cortes e harmonizações com ingredientes locais. As cozinheiras das escolas municipais de Lábrea vão receber, também, capacitação para compostagem dos resíduos orgânicos da cozinha. A ação inclui a construção de duas mini composteiras, uma na Escola Municipal Francisca Mendes e outra na Escola Municipal Socorro Brito, que vão funcionar como polos do Núcleo Esporte e Arte. O trabalho tem acompanhamento da consultora Lixo Zero, Tatiana Prestes, especialista em manejo de resíduos sólidos e compostagem, e o objetivo é tornar a cozinha escolar um espaço de educação e conservação do meio ambiente. O curso ministrado pela Chef Adriana Saldanha tem apoio do espaço de gastronomia Brasileira Gourmet, de São Sebastião-SP.

Metas e ações

1 – Organizar e implantar, em 2022, aulas de arte e esporte educacionais para atendimento direto de crianças e adolescentes.

2 – Transferir tecnologia/metodologia para grupos de professores do ensino municipal, que atuarão com classes em suas escolas.

3- Implantar programa de educação ambiental nas escolas a partir da alimentação e dos parâmetros da comida como cultura, envolvendo toda a comunidade escolar.

Resultados alcançados em 2021

1 – 56 professores das comunidades indígenas capacitados para atuarem com arte e esporte educacionais em suas comunidades;

2 – 178 professores da zona urbana capacitados para atuarem com arte e esporte educacionais em suas respectivas escolas e comunidades.

3- Capacitação de 27 merendeiras das escolas municipais, com o primeiro módulo online do curso Cozinha, Afeto e Ancestralidade.

Sobre os Institutos

O Instituto Mpumalanga e o Instituto Esporte & Educação executam projetos de esporte e arte educacionais, cultura, alimentação e meio ambiente, com ações itinerantes presenciais ou online voltadas à formação de gestores e ao fomento de políticas públicas para o esporte, a arte e a diversidade cultural na Educação. Atuam desde 2015 na região do Médio Purus, a partir do município de Lábrea, com os projetos Caravana do Esporte e Caravana das Artes. O Instituto Esporte & Educação é dirigido pela medalhista olímpica Ana Moser e o Instituto Mpumalanga é dirigido pela jornalista, pedagoga e chef de cozinha Adriana Saldanha. Oferecem para a rede pública de ensino cursos de formação de professores indígenas e não indígenas em esporte e em arte educacionais. Desenvolvem formação de jovens indígenas e não indígenas para leitura, comunicação, audiovisual e mobilização cultural e atuam no apoio à segurança alimentar e ao fomento do artesanato, da culinária tradicional e das expressões culturais paumari e apurinã, por meio de alianças locais. Todas as atividades oferecidas pelo Núcleo são gratuitas.

O Instituto Esporte & Educação é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que tem como objetivo implementar a metodologia do esporte educacional em diferentes comunidades de todo o Brasil, norteada pelos princípios de inclusão de todos, respeito a diversidade, construção coletiva e educação integral, desenvolvendo a cultura esportiva com a finalidade de formar um cidadão crítico, criativo e protagonista. O IEE criou Núcleos Esportivos Socioeducativos, para atendimento direto a crianças e jovens e para formação e apoio aos profissionais de Educação Física que atuam nesses núcleos, por meio da prática pedagógica reflexiva, gestão e formação continuada em serviço. Informações: linktr.ee/instituto.esporteeducacao

O Instituto MPUMALANGA é uma organização sem fins lucrativos que atua nas áreas de direitos humanos, educação, arte, cultura, gastronomia, meio ambiente, literatura e comunicação, com projetos e atividades pedagógicas a partir da Metodologia Viva com Arte. Realiza atendimento direto de crianças, jovens e adultos, cursos de formação de professores de redes públicas, projetos de leitura e eventos literários, pesquisas sobre culinária associada à cultura, cursos voltados para as linguagens artísticas, audiovisual, meio ambiente e segurança alimentar. Administra o Ponto de Cultura CASA BRASILEIRA, em São Sebastião, Litoral Norte de São Paulo. Informações: linktr.ee/institutompumalanga

Divulgação/Imprensa: Angela Santos – MTb 12118 - f. (11) 9 98388794

angelasantos@mpumalanga.com.br

comunicação@mpumalanga.com.br


10 visualizações0 comentário