Manoel de Barros será o homenageado da 4ª Edição da JUÇARA




São Sebastião-SP, 17/12/2021 | A 4ª edição da Revista Literária JUÇARA será lançada neste sábado (18), em formato digital, com apoio do Instituto Mpumalanga e da Casa Brasileira, de São Sebastião, em transmissão ao vivo, às 17h, pelos canais de youtube e de facebook do Mpumalanga. Esta nova edição é inspirada no universo de Manoel de Barros, poeta que completaria 105 anos neste domingo (19) e que pertenceu à terceira geração do Modernismo, a chamada “Geração de 45”.



Com distribuição gratuita, a Revista JUÇARA tem a missão de aproximar os autores clássicos brasileiros dos jovens talentos da literatura, dos estudantes e do público em geral. A 4ª edição conta com a colaboração de 13 escritores e artistas da região do Litoral Norte de São Paulo e traz uma entrevista com a filha de Manoel de Barros, a artista plástica Martha Barros, criadora das iluminuras que ilustram as capas dos livros do poeta. A organização dos textos foi feita pela editora Daniela Outi e teve o objetivo de proporcionar ao leitor um passeio lírico pelos quintais da infância. “Escolhemos o autor para encerrar o ano de 2021 para trazer humor, leveza e lembrar a necessidade de sair do lugar comum, transfigurar as coisas para ver o mundo com um novo olhar”, explica Daniela.

Projeto Gráfico

O projeto gráfico da revista foi elaborado pela artista plástica, ilustradora e escritora Isabel Galvanese, diretora de arte da JUÇARA e responsável pela criação da capa.

“Pensar o Manoel de Barros visualmente é um grande prazer e um grande desafio. Essa revista ficou solar, criativa e amarela!”, explica Isabel.

O trabalho de diagramação tem assinatura da designer Priscila Prisco e a revisão dos textos foi feita por Doca Ramos Mello.

Colaboradores

Adriana Coutinho, Arminda Jardim, Camila Prado, Domingos Fábio dos Santos, Eliane de Alcântara Teixeira, Marcelo Brasil, Maria Idalina Medalha, Marina Moraes Barros Lutz, Nelma Salomão, Samuel Elias Massou, Sofia Prisco, Thaís Lavieri, Zé Paulo.

Parcerias

A Revista Literária JUÇARA tem apoio do Portal Radar Litoral, da FUNDASS e Biblioteca Álvaro Orselli, de São Sebastião, da Biblioteca Municipal de Ilhabela, da Biblioteca Municipal Ateneu Ubatubense, de Ubatuba, da Biblioteca Municipal Afonso Schmidt, de Caraguatatuba, da Editora Alfaguara e do Instituto Mpumalanga/Casa Brasileira. “Acompanhar o crescimento da Revista Literária JUÇARA e contribuir para sua divulgação online é uma grande alegria para a Casa Brasileira e o Instituto Mpumalanga. A iniciativa da Revista Juçara de envolver diferentes olhares para releituras de grandes autores contribui para que a literatura e os clássicos façam parte do cotidiano das pessoas”, afirma a diretora do Mpumalanga, Adriana Saldanha.

Sobre Manoel de Barros

O poeta Manoel de Barros nasceu no dia 19 de dezembro de 1916, há 105 anos, no Beco da Marinha, em Cuiabá (MT). Em 1937, publicou seu primeiro livro de poesias, “Poemas Concebidos Sem Pecados”, feito artesanalmente por amigos numa tiragem de 20 exemplares mais um, que ficou com ele. Em 1958, o poeta mudou- se para o Pantanal mato-grossense, onde desenvolveu a atividade de pecuarista na fazenda herdada da família e se dedicou a escrever poesia. Ao longo da sua vida, recebeu diversos prêmios importantes e teve suas obras publicadas no exterior. Manoel de Barros morreu no dia 13 de novembro de 2014, aos 97 anos, por falência de múltiplos órgãos. Em 2016 e em 2017, foi homenageado pelas escolas de samba Sossego e Império Serrano, que levaram à avenida enredos contando sua vida e sagraram-se campeãs.



Onde ler: Após o lançamento, a JUÇARA poderá ser lida nos canais digitais da revista: INSTAGRAM: https://www.instagram.com/jucararevista/

FANPAGE: https://www.facebook.com/jucararevista e no

Site do Portal Radar Litoral: https://radarlitoral.com.br/

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo