Arte dos Encontros: a palhaçaria e o resgate do riso na web

Atualizado: Ago 16



Agosto|2021 – A sobrevivência do circo, a palhaçaria online e os desafios de colocar o picadeiro na web, em tempos de distanciamento social, serão temas da revista online Arte dos Encontros deste sábado,14/08, às 17h, com transmissão gratuita pelo youtube e facebook do Instituto Mpumalanga.

A jornalista, cineasta e palhaça Mariana Gabriel

A jornalista, cineasta e palhaça Mariana Gabriel, herdeira do legado cultural da primeira palhaça negra do Brasil, Maria Eliza Alves dos Reis- palhaço Xamego, e o ator, músico e acrobata de formação circense Montanha Carvalho, do grupo Namakaca, conversam com Rita Lagrota sobre o circo e o resgate do riso em um momento delicado da pandemia.

Dedicada a pesquisar o legado de sua família materna, a Família Alves, criadora do Grande Circo Guarany, Mariana Gabriel divide seu tempo entre o picadeiro, com sua personagem Birota, e produções audiovisuais sobre o circo. A última delas, "Guarany, histórias do Circo dos Pretos", série em 4 episódios dirigida pela própria Mariana, com produção e roteiro de Daise Gabriel e Roberto Salim Gabriel e participação da atriz mirim Serena Odara. Uma série sobre a trajetória de um Circo-Teatro entre 1948 e 1958, o circo de seu bisavô, onde sua avó, Maria Eliza, queria subir ao picadeiro numa época em que somente homens podiam ser palhaços. Surgia o palhaço Xamego, que escondia do público a identidade feminina e foi a primeira palhaça do Brasil. Antes dessa série, Mariana dirigiu com Ana Paula Minehira o documentário “Minha Avó era Palhaço”.

Do mundo do teatro e da acrobacia, Arte dos Encontros traz, também, para esse bate papo, o ator Montanha Carvalho, integrante e um dos fundadores do Grupo Namakaca. Com o Namakaca, Montanha assina sete espetáculos, entre eles “É Nóis na Xita”, criado em 2006 , com mais de 1.000 apresentações realizadas. Este ano, o primeiro espetáculo do grupo ganhou uma versão online: É Nóis na Xita- 2: em Busca do Riso Perdido”, com direção de Marcelo Lujan e que já estreou pelos canais digitais de vários teatros de São Paulo com a proposta de levar um pouco da magia do circo para as pessoas, em meio ao isolamento social.


Arte dos Encontros, um diálogo sobre a arte na educação e no dia a dia das pessoas. Neste sábado, 14/08, às 17h, ao vivo, com apresentação de Rita Lagrota, pelo facebook e youtube do Instituto Mpumalanga.


Texto: Angela Santos

11 visualizações0 comentário