Todas por Elas ganha sotaque pernambucano para engajar mulheres de Recife


Com Ana David, Todas por Elas recebe exemplo das mulheres do Recife. | Foto: Celia Santos/Instituto Mpumalanga


O projeto Todas por Elas ganhou sotaque arretado na última edição da Caravana da Artes, em Recife. A iniciativa liderada por Ana David recebeu as mulheres pernambucanas para novamente tratar da questão do empreendedorismo, mas sempre levando em conta as regionalidades presentes na capital pernambucana.

A maioria das participantes de Recife vieram da Ilha de Deus, uma comunidade cujo o artesanato, a reciclagem de lixo e a pesca – o lugar é cercado pelos rios Beberibe,  Tejipió e Jordão – são importantes fontes de renda para a população, de modo que essas práticas foram colocas em pauta ao longo da dinâmica.

“Percebi que a semente do projeto já estava plantada naquela comunidade da Ilha de Deus, onde as mulheres da Ilha são engajadas, organizadas e suportadas por uma líder que se chama Nalva, conhecida por Nalvinha”, recordou Ana David, diretora jurídica da ESPN e uma das idealizadoras da iniciativa. O exemplo de organização já estruturado na Ilha de Deus ganhou força e também serviu de exemplo para outras mulheres pernambucanas presentes na dinâmica.


Mulheres que trabalham com reciclagem de lixo na Ilha de Deus têm seus trabalhos valorizados e novos horizontes. | Foto: Celia Santos/Instituto Mpumalanga.


A ideia de que o empreendedorismo social feminino é autossustentável foi reiterada pelos participantes. “Elas se sustentam com as riquezas locais, ensinam seus ofícios à comunidade e aos jovens e ainda aumentam a qualidade de vida e o bem-estar de todos em volta”, explicou Ana David.

Os saberes e as ideias já moram na comunidade, não se trata de uma aula, mas sim de uma reflexão para que os leques sejam ampliados e esse conhecimento encontre uma função social para melhorar a vida dessas pessoas. “E para isso, elas precisam acreditar nelas e é exatamente com isso que trabalhamos a dinâmica”, resumiu a gestora, animada com mais uma etapa ‘inesquecível e muito produtiva’.

O Todas por Elas é uma iniciativa que caminha junto com a Caravana das Artes trazendo ideias empreendedoras para mulheres das cidades por onde passa o projeto, de modo a valorizar o saber artístico e cultural dessas pessoas.

VEJA O VÍDEO COMPLETO DO TODAS POR ELAS EM RECIFE:

0 visualização
  • YouTube
  • Facebook
  • Instagram
© 2020 Instituto Mpumalanga. Todos os direitos reservados.