Chá com Livros faz homenagem ao Dia da Poesia

Atualizado: 3 de Nov de 2020






Com participação online dos escritores Elisa Lucinda, arrudA, Auritha Tabajara, Rudá Ventura, dos atores André Américo e Val Perré e da musicista Ligia Kamada, o Chá com Livros deste sábado (31) faz uma homenagem aos poetas brasileiros.

No Dia Nacional da Poesia, comemorado em 31 de outubro, a revista online pretende trazer a visão de diferentes poetas e artistas sobre o mundo de hoje, o papel da poesia para pensar a realidade, os poemas em sala de aula, os trabalhos poéticos que unem texto e música e a poesia que retrata ancestralidades e a visão do feminino.

Apresentado por Ana David, com transmissão gratuita às 17h pelo facebook e youtube do Instituto Mpumalanga, Chá com Livros deste sábado vai também marcar o mês da Consciência Negra, que começa no domingo (01/11), fazendo uma homenagem a um dos maiores nomes da poesia negra, Solano Trindade. Poeta, cineasta, pintor e homem de teatro, Solano nasceu em 24 de julho de 1908, no Recife, e morreu em 1974.


Convidados do Chá com Livros - Dia da Poesia


A poetisa, escritora, jornalista, cantora e atriz Elisa Lucinda é uma das entrevistadas deste Chá com Livros. Autora de 18 livros e uma das escritoras que mais popularizaram a poesia no Brasil, Elisa Lucinda vai falar dos seus trabalhos e da adaptação da vida de Solano Trindade para o teatro, onde contracenou com o ator Val Perré na peça Solano-Vento Forte Africano. Val Perré, com trajetória em teatro, cinema e televisão, representou Solano, que muitos críticos consideram o criador da poesia “assumidamente negra” no Brasil. O ator André Américo integra o elenco da peça Negra Palavra, do Coletivo Negro & Teatro Íntimo, em cartaz online desde o início da pandemia, e falará sobre como a poesia negra de Solano Trindade encontra a dança. O poeta arrudA e a musicista Ligia Kamada vão mostrar no Chá com Livros o processo criativo de vídeo-poemas. Poeta, compositor e performer, arrudA lançou recentemente na FLISS 2020 seu quarto livro, “Fragmentos de uma canção impossível” , mesmo nome do vídeo- poema que teve ambientação musical feita por Ligia Kamada. Autora de “Magistério Indígena em Verso e Poesia”, adotada nas escolas do Ceará, de “Coração na Aldeia e Pés no Mundo”, lançado em 2018, e do inédito “Lenda de Jurucê”, a ser lançado em breve, Auritha Tabajara destacará a ancestralidade em seu trabalho literário. Rudá Ventura, poeta, músico, historiador e educador, autor de “Preamar”, falará sobre a poesia enquanto arte e suas possibilidades no trabalho educacional com crianças e jovens.

O Dia Nacional da Poesia foi instituído pela Lei 13.131/2015, que determina o dia 31 de Outubro como a data oficial para essa comemoração, em homenagem ao nascimento do escritor Carlos Drummond de Andrade. O dia da poesia no Brasil já foi comemorado informalmente no dia 14 de março, data em que nasceu, na Bahia, em 1847, o escritor Castro Alves.

Serviço: Chá com Livros | revista online - 31/10/2020 - sábado | Horário: 17h | Transmissão ao vivo – YouTube e Facebook do Instituto Mpumalanga
  • YouTube
  • Facebook
  • Instagram
© 2020 Instituto Mpumalanga. Todos os direitos reservados.